segunda-feira, 17 de abril de 2017

Pas de Cuba volta a Campinas para o 90º aniversário do Conservatório Carlos Gomes

Após dois anos na Bahia, o Pas de Cuba está de volta à Região Metropolitana de Campinas, onde teve origem em 2009, idealizado pela Perfil Produções Culturais. A nona edição do evento será realizada de 03 a 15 de julho próximo, em parceria com o Conservatório Carlos Gomes de Campinas (CCGC), que  celebra 90 anos de fundação. 

A produtora cultural da Perfil, Bernadete Faria, destaca a importância do CCGC, para o ensino do Ballet Cubano. “Durante mais de uma década – ressalta ela – o Conservatório desenvolveu importante trabalho não só na formação dos bailarinos, mas sobretudo do público que acompanhou esta trajetória, nos anos  90”. Segundo ela “foi nesse período, que as versões cubanas, dos consagrados ballets de repertório criadas por Alícia Alonso, foram apresentadas ao público, em montagens com os alunos do Conservatório”

A diretora Léa Ziggiati, sobrinha de Miguel Ziggiati, fundador do CCGC, relembra a década de 90, com muito orgulho. “Trouxemos para Campinas um professor nativo (Roberto Rosa) para ministrar aulas de ballet cubano, e acredito – diz ela – que muitos não conheciam um ballet de repertório completo. Penso que fizemos história”

A instituição é considerada uma das mais importantes da região, no ensino técnico em várias modalidades artísticas, além da Dança: Teatro, Música e outros, reconhecidos pelo MEC – Ministério da Educação e Cultural.

Em nova sede, localizada no bairro Chácara Primavera, o Conservatório se prepara para receber este delicioso curso de inverno. As inscrições já estão abertas, apenas pela Internet através do site: www.pasdecuba.com.br

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

TRÊS GERAÇÕES DE BAILARINOS CUBANOS PARTICIPAM DO IX PAS DE CUBA

A edição especial de verão do Pasde Cuba, marcada para o período de 15 a 30 de janeiro próximo traz em seu staff três gerações de bailarinos cubanos, hoje atuando como professores.
Os mais jovens, no entanto, ainda em atividade nos palcos, encantando platéias com a técnica e o virtuosismo da Escola Cubana de Ballet.
Miguel Ozete pertence às primeiras gerações de bailarinos formados pelas mãos da Bailarina Absoluta de Cuba, Alícia Alonso. Em sua bagagem cultural estão os ensinamentos dos grandes mestres que fizeram a história do ballet em Cuba, incluindo os irmãos Alonso (Fernando e Alberto) criadores da metodologia cubana de ensino desta bela arte.
Ele próprio faz parte desta história. Como bailarino atuou ao lado das consagradas estrelas do Ballet Nacional de Cuba (BNC), em memoráveis turnês pelo mundo. Depois como professor e ensaiador, passou a integrar o rol dos mestres que formariam as próximas gerações, da principal companhia cubana. Pelo segundo ano consecutivo o Pas de Cuba traz Miguel Ozete à Bahia , com sua vasta experiência, que teve início nos anos 60.
Ivan Utra é da geração formada nos anos 80, quando Cuba já contava com inúmeras companhias de ballet, graças ao forte investimento na formação profissional de bailarinos. Ivan é natural da Província de Camaguei, também um grande reduto na formação de bons profissionais da dança, além de Havana.   Já formado, foi integrar  a Companhia de Ballet de Santiago de Cuba e posteriormente no Centro Pro Danza de Cuba (hoje Ballet Laura Alonso) onde chegou ao cargo de Bailarino Principal.
Os jovens Luis Rubén Gonzales e Lorena Hernández pertencem à mesma geração, surgida em Cuba no final dos anos 90. Ambos ainda se apresentam como bailarinos convidados, mas desde bem cedo iniciaram as atividades como professores de ballet, ainda em Cuba.
Rubén é formado pela Escola Nacional de Cuba Fernando Alonso, considerada uma das  maiores escolas  públicas de ballet do mundo. Chegou a Primeiro Bailarino, na Companhia de Ballet de Camaguei.
Lorena foi primeira solista do Ballet Laura Alonso, oriundo do Centro Pro Danza de Cuba, considerado outro importante centro de formação profissional de Havana.
Todo este conhecimento, talento e competência estarão reunidos em um só curso de férias, em Salvador – Bahia: IXPas de Cuba – Edição Especial de Verão, com inscrições abertas, apenas pela internet: www.pasdecuba.com.br.


terça-feira, 20 de setembro de 2016

BOLSAS PAS DE CUBA COMEÇAM A SER DISTRIBUÍDAS

Os bailarinos que desejam conquistar uma bolsa para o IX Pas de Cuba terão que se apressar.
As bolsas por indicação já começam a ser distribuídas, visando a Edição Especial de Verão, que será de 15 a 30 de janeiro, em Salvador – Bahia.
Não sabe como funciona? 
É simples: converse com as alunas da sua academia de ballet. A cada duas amigas indicadas para o Pas de Cuba, o bailarino ganha 100% de desconto. Se conseguir apenas uma indicação, já terá garantido 50%, o que também é um grande benefício.
Mas lembrem-se: as bolsas são limitadas.
As inscrições são efetuadas através do site www.pasdecuba.com.br e precisam ser confirmadas mediante o pagamento, só então será gerado o benefício da bolsa.
Vamos correr atrás, meninos?
Vale lembrar que as indicações serão apenas para bailarinas de outras academias. Para as alunas do Ballet Rosana Abubakir, os preços são diferenciados, devido à parceria com a Perfil Produções Culturais, promotora do Pas de Cuba.
Duas academias em especial sempre conquistam o maior número de bolsas: Ballet Lorena Albuquerque, de Vitória da Conquista e Escola de Danças Keila Afonso, de São Paulo – Capital. Ambas prestigiam o evento com grandes grupos de alunas, gerando bolsas para serem distribuídas aos meninos.
Todos os anos a Perfil patrocina cerca de 30 bolsas, sendo reservadas dez para rapazes, por indicação de bailarinas. As demais são destinadas a alunos de projetos sociais previamente selecionados em audição técnica. No ano passado, os grupos de valsa da periferia de Salvador foram contemplados com dez bolsas. 
Outra importante parceria é com a FUNCEB – Fundação Cultural do Estado da Bahia – que desde o primeiro Pas de Cuba no Nordeste, recebe bolsas para seus alunos do curso de ballet, como contrapartida ao apoio cultural da Secretaria Estadual de Cultura.

terça-feira, 6 de setembro de 2016

EM JANEIRO TEM PAS DE CUBA EM SALVADOR

Anote na agenda: de 15 a 30 de janeiro de 2017, o Pas de Cuba retorna a Salvador.
Desta vez com uma edição especial de verão, em comemoração aos 30 anos do Ballet Rosana Abubakir, sede oficial do evento na Bahia.
Pelo terceiro ano consecutivo este delicioso curso de férias retorna à capital baiana, com muito ballet cubano e sua já tradicional Gala de encerramento, a ser apresentada no Teatro Castro Alves.
Com grandes mestres da Escola Cubana de Ballet o Pas de Cuba tem aulas de segunda a sexta-feira pela manhã e ensaios na parte da tarde, que destinam-se à montagem do espetáculo de encerramento.
Crianças entre oito e onze anos de idade poderão participar do Petit Pas de Cuba. Para os demais,  o Grand Pas de Cuba, sem limite de idade.
E para os professores de ballet, um curso de metodologia cubana, destinado àqueles que já cursaram o Módulo I (primeira e segunda séries).

Para se inscrever em qualquer um destes cursos e obter mais informações, basta acessar: www.pasdecuba.com.br.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

GALA PAS DE CUBA DE VOLTA AO TCA

A VIII Gala Pas de Cuba já tem data marcada. 
No próximo dia 11 de julho, às 20hs o Teatro Castro Alves recebe os solistas Rafael Gerage e Amanda Della Muta, convidados para o espetáculo do encerramento deste Intercâmbio Cultural entre Brasil e Cuba, ao lado de dezenas de bailarinos da Bahia e de outros Estados brasileiros.
O espetáculo montado por mestres da Escola Cubana de Ballet fará uma homenagem aos 30 anos das relações de amizade entre Brasil e Cuba que se restabeleceram em 1986. Uma amizade que devemos cultivar e preservar, especialmente pelo bem da cultura e da arte, principal objetivo deste Intercâmbio Cultural promovido pela Perfil Produções. 
Segundo a idealizadora do Pas de Cuba – produtora cultural Bernadete Faria – “eleger Salvador para esta celebração tem um significado especial, pois Cuba e Bahia reúnem várias características em comum: A natural musicalidade e amor  à dança do povo, o clima, culinária e até as cores das bandeiras de ambas são as mesmas” - ressaltou ela.
“Não foi por acaso que o Pas de Cuba migrou do Sudeste para o Nordeste –  diz Bernadete Faria -  mais precisamente Salvador, onde encontramos um importante projeto de implantação da Metodologia Cubana de Ballet”. Há quase 30 anos a então bailarina Rosana Abubakir, formada pela Escola Royal de Londres, se encantou com a descoberta da Escola Cubana de Ballet. “Eu enxerguei neste método – explica Rosana – o aperfeiçoamento que buscava para melhor ensinar o clássico aos meus alunos, cujo biótipo era o mesmo dos demais povos latinos e caribenhos. Ali estava o segredo: um método desenvolvido para o nosso físico, a nossa cultura, os diversos aspectos de um povo naturalmente musical e dançante.”
Contra todas as tendências da época, Rosana fez o que poucos ousam fazer: Rompeu com os padrões e deu novos ares ao ensino de ballet na Bahia. Nascia o Ballet Rosana Abubakir, hoje a maior  academia de Salvador. A seu convite a Perfil Produções Culturais firmou uma parceria, que pelo segundo ano consecutivo traz o Pas de Cuba, para o Nordeste, com o apoio do Consulado Geral de Cuba, Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, Associação Cultural José Matin e demais instituições governamentais relacionas à arte.
Solistas convidados

Rafael Gerage teve sua formação no método cubano, com renomados mestres como Ramona de Sàa Bello, diretora da Escola Nacional de Ballet de Cuba e Niurka Naranjo, o argentino Julio Bocca, Eduardo Bonnis e Rodrigo Batista entre outros.
Contemplado com diversas bolsas, entre elas para o Joffrey Ballet em NY, Gerage conquistou ainda prêmios pelo país de melhor bailarino e bailarino revelação em vários festivais. Em 2014 foi selecionado para integrar o a companhia do Ballet Nacional del Sodre – Uruguai, sob a direção de Julio Bocca e agora está de volta ao Brasil.
Amanda Della Muta tem apenas 17 anos e apesar da pouca idade, foi considerada bailarina revelação em vários festivais pelo país,  tendo conquistado bolsas para o Pacific Dance Arts (Canadá) e Miami City Ballet School. Em sua formação além de mestres cubanos como Ramona de Sàa e Niurka Naranjo, Dimitri Magitov e outros. Ao lado de Rafael Gerage vem percorrendo diversos palcos do país como convidados, incluindo agora a VIII Gala Pas de Cuba.
O espetáculo mais uma vez terá preços populares: 20 reais a inteira e 10 a meia entrada.